Como Aprender CW(Telegrafia)

0
Para muitos O VILÃO e para outros O XODÓ.
Criado em 1835, pelo pintor e inventor Samuel Finley Breese Morse, o Código Morse ou CW é uma modalidade que utiliza sons curtos e longos representando números, letras e sinais gráficos, além de pontos e traços para transmitir mensagens.
Apesar de ser considerado por muitos um método antiquado, no radioamadorismo o CW se mantem, mesmo aos trancos, como uma das modalidades mais utilizadas e garante seu lugar de destaque.
Em operações de DX e Expedições Radioamadorísticas cerca de 75% dos contatos são realizados com CW. Está estatística se dá pela facilidade de propagação do sinal e por ser um contato muito rápido acelera a evolução e o dinamismo das operações.
Mesmo as modalidades digitais como o HAMSCOPE, JT65, entre outros como os softwares que integrados com o rádio(transceptor) conseguem codificar as transmissões de CW sem precisar de conhecimento ou agilidade na recepção, os apaixonados pelo CW não deixam de lado o Di-Dá-Di-Dá.
Como aprender CW?
Sempre há os que estão dispostos superar os próprios medos, explorar o desconhecido, começar algo novo. Mesmo que isso leve algum tempo, você irá tirar grandes lições deste processo.
O desafio é principalmente para os novatos e um bom começo é ter um objetivo bem definido. Não havendo um objetivo, você terá dificuldades e tudo se tornará mais difícil aprender CW.
A verdade é que muitos não gostam do CW e vivem dizendo o seguinte:
  • Esse negócio não entra na minha cabeça;
  • Eu não consigo gravar e associar os Traços e Pontos;
  • Nunca vou conseguir aprender CW;
Se você prestar atenção as frases acima são todas negativas impostas. Todos nós somos capazes de aprender qualquer coisa, não importa o que. Assim, todos nós somos capazes de aprender CW a diferença é que uns terão sua evolução mais rápida que outros.
A evolução com que se aprende o CW está ligado diretamente com a sua disponibilidade em praticar, assim como seu objetivo e a finalidade de sua aprendizagem.
Objetivos
Não importa o seu objetivo, que seja apenas para passar nos exames de admissão e/ou ascensão de classes, operar em frequências exclusivas, participar de contestes(competições internacionais), trabalhar estações raras e realizar operações de lugares exóticos ou para  se tornar um operador de alta velocidade, saiba que tudo isso é possível, depende muito do seu objetivo.
Tempo Disponível
 
[ Não tenho tempo] <~ Essa é uma das desculpas mais conhecidas.
No início da aprendizagem o ideal é treinar de 10 a 15 minutos diários, isso é o suficiente. Parece um pouco sem lógica, mas acredite, o aprendizado se torna menos eficiente durante grandes períodos. Você irá perceber que existe um ciclo de aprendizagem que começa com um aquecimento, um intermediário de grande rendimento e um final onde terá um queda brusca de rendimento. Isto não  é uma regra, varia de acordo com cada um de nós.
[Quando Parar] Quando estiver treinando você saberá o momento certo de parar. Isso acontece quando se identifica a última fase do ciclo(queda brusca de rendimento) que se apresenta ao perceber um aumento significativo em seus erros – esse é o momento de parar e buscar fazer outra atividade.
Você irá perceber que ao longo dos treinamentos seu rendimentos tendem a aumentar até conseguir um rendimento constante e sem variações durante grandes períodos de tempo.
Método de aprendizado

Um dos métodos mais fáceis e conhecidos é o utilizado pelo antigo Signal Corps da US Navy, o qual detalharemos a seguir. Com este método um iniciante consegue receber em torno de 25 palavras por minuto em 6 meses.

O iniciante começa pelas letras mais simples acostumando o seu ouvido aos poucos e conforme vai aumentando a sua percepção são apresentados as letras mais complexas.

Grupos de Aprendizagem

  • 1º GRUPO DE APRENDIZAGEM (GRUPO 1)

Inicialmente são apresentadas aos iniciantes todas letras que tem em sua composição somente pontos (dits):

E . II . . S . . . H . . . .
Estas 4 letras são rápida e facilmente assimiladas.
A seguir é utilizado um treinamento de recepção em que essas quatro letras serão combinadas em grupos de cinco.
Exemplo: EISHH IIESSH EEIHE SSEIH HHHIS IEESS EIIES HEHSH
  • 2º GRUPO DE APRENDIZAGEM (GRUPO 2)

Letras contendo em sua composição somente traços (dás)

T _ M _ _ O _ _ _
Da mesma forma que com o grupo anterior o treinamento é realizado com grupos de cinco letras:
Exemplo: TTMOO MOTMO MMTTO MMTOO MTMTO OTTMO
Se o rendimento estiver de acordo devemos utilizar uma combinação dos dois grupos ao mesmo tempo.
Exemplo: TIMOS HMMOI SSTMO ESIMT MMHIO OTTHM SEIMO
  • 3º GRUPO DE APRENDIZAGEM

A . _ W . _ _ J . _ _

Exemplo 1º treinamento: AWJJA JWAWW JAAWJ JWAJW AAWJ

Exemplo 2º treinamento: EIJTM HHJWA EIWMO EEJJM IIAWH
  • 4º GRUPO DE APRENDIZAGEM
N _ . D _. . B _ . . .
Exemplo 1º treinamento: NDBNN BBDND NNDBN BBBDN NNDDB

Exemplo 2º treinamento AIJBW WJAIO MMNDS BIOTA HSIOW

Acredito que você já percebeu a lógica do treinamento, não??

Primeiro todas as letras que tem batidas curtas

Segundo todas as letras que tem batidas longas

Terceiro as que combinam batidas curtas seguidas de batidas longas

Quarto as que combinam batidas longas seguidas de batidas curtas.
Os grupos de treinamento são utilizados para que o operador se acostume a receber qualquer coisa que lhe seja transmitida e não permite qualquer tipo de adivinhação. Esses 4 primeiros grupos normalmente leva, na média, duas semanas para ser bem entendido, com períodos de treinamento diário de 10/15 minutos.
Podemos treinar mais vezes por dia (+2 ou 3), caso haja disponibilidade de tempo, desde que isso ocorra em períodos distintamente espaçados.
É muito importante cumprir disciplinadamente o programa de treinamento para que os resultados desejados apareçam.
A partir da fase seguinte, ao errar a recepção de uma letra, não perca tempo, habitue-se a deixar o espaço correspondente ao caracter não recebido dentro do grupo. Este detalhe vai ser de grande valia futuramente e no presente vai permitir que você continue a receber mesmo que haja recebido com erro um ou mais caracteres de uma palavra.
  • 5º GRUPO DE APRENDIZAGEM
R . _ . K _ . _ G _ _ .
  • 6º GRUPO DE APRENDIZAGEM
U . . _ V . . . _ P . _ _ .
  • 7º GRUPO DE APRENDIZAGEM
L . . _ . F . . _ . X _ . . _
  • 8º GRUPO DE APRENDIZAGEM
Z _ _ . . Q _ _ . _ Y _ . _ _ C _ . _ .
Como você já deve ter notado, quando os caracteres mais complexos são apresentados o iniciante já está com o ouvido mais treinado e não enfrenta maiores dificuldades.
Em cada grupo de aprendizagem, é necessário treinar os grupos compostos de letras do próprio grupo e com o grupo acrescido das letras dos grupos anteriores.
:: Aprendendo os números
 
:: Aprendendo os sinais de pontuação
 
  • 11º GRUPO DE APRENDIZAGEM
Ponto final . . _ . _ . _ AAA
Interrogação ? . . _ _ . . IMI
Virgula , _ _ . . _ _ MIM
Barra de fração / _ . . _ . DN
Duplo Traço = _ . . . _ BT
  • SINAIS ADCIONAIS
Dois pontos : _ _ _ . . . OS
Apostrofo: . _ _ _ _ . WG
Atenção: _ . _ . _ KA
Saudações: _ _ . . . . . . _ _ 73
Fechando a Estação: _ . _ . . _ . . CL
Sinal de Socorro: . . . _ _ _ . . . SOS
Sinal de Erro: . . . . . . . .
Chamada Geral: _ . _ . _ _ . _ CQ
Beijos: _ _ _ . . _ _ _ . . 88
Não (No): _ . N
Recebido: . _ . R
Sinal de Segurança: _ _ _ TTT
Sinal de Urgência: _ . . _ _ . . _ _ . . _ XXX
Sim (yes): _ . _ _ Y
Zero (Uso repetido): _ T
Parênteses ( _ . _ _ . KN
Parênteses ) _ . _ _ . _ KK
Aspas ” . _ . . _ . AF
Hífen – _ . . . . _ DU
Nota:
1. As letras em vermelho significam que as mesmas devem ser transmitidas sem espaço entre elas.
2. Neste ponto do treinamento o treinando já está com o ouvido suficientemente treinado para assimilar rapidamente os sinais de pontuação. Note também que os mesmos, para efeito de treinamento, podem ser entendidos como o conjunto letras transmitidas sem separação que aparece na coluna da direita.
Recebendo palavras e frases
Após o perfeito entendimento das letras, números e pontuações o passo seguinte é treinar a recepção de palavras e frases.
Devemos utilizar para o período de aquecimento, os grupos de 5 caracteres avulsos.
Após esse período pode apresentar diferenças de duração de pendendo do indivíduo, podemos passar a recepção de palavras avulsas.
A distância entre cada letra de uma mesma palavra é igual ao comprimento (duração) de um ponto.
Treine de preferência com palavras em outra língua que não o português pois este pequeno detalhe lhe proporcionará inúmeros e incontáveis dividendos mais adiante e lhe dará condições de receber qualquer coisa não importando qual seja a língua em que a mensagem esteja sendo transmitida.
Ao nos iniciarmos no treinamento em CW dificilmente conseguimos receber algo sem que copiemos diretamente o que está sendo recebido para o papel. O ato de escrever é um fator limitante da velocidade de recepção.
Aumentando a velocidade de recepção
Para melhorarmos a nossa velocidade de recepção, devemos utilizar métodos de treinamento específicos.
O treinamento de recepção deve ser efetuado a uma velocidade na qual o índice de acertos não seja superior a 70 % do total.
Motivo: índices de acertos acima de 70% indica o treinando já deveria estar treinando em uma velocidade superior a atual.
O índice de acertos no treinamento deve ficar maior que 50% maior menor que 70 % do total de caracteres do texto a ser recebido.
É comum, neste tipo de treinamento, nas primeiras vezes em que o texto é recebido ocorrer um baixo índice de acertos mas rapidamente este índice aumenta a medida em que o treinando vai se acostumando com a nova velocidade e rapidamente o índice de acertos aumentar. Quando esse índice supera os 70% de acerto é sinal que já podemos começar a pensar em um novo aumento da velocidade de recepção.
Recebendo CW em velocidades acima de 25 palavras por minuto
Ao nos aproximarmos das 25 palavras por minuto, a necessidade de escrever o texto começa a ser um fator restritivo. Para que possamos ultrapassar essa barreira e eliminarmos essa restrição devemos adotar o seguinte método:
Normalmente o iniciante recebe o caracter assim que o mesmo é transmitido é imediatamente o transcreve para o papel. Passe a treinar do seguinte modo:
Comece a retardar a transcrição de uma letra:
Exemplo: está sendo transmitida a palavra GRATO, ao ser recebida a letra G, não escreva nada no papel, guardando-a na memória. Quando for recebida a letra seguinte R, passe a letra G para o papel e assim prossiga até o término da palavra.
O próximo passo é treinar a recepção com retardo de duas letras.
Exemplo: palavra GRATO, ao ser recebida a letra G, guarde-a na memória fazendo o mesmo com a letra R. Ao ser recebida a letra a, comece a escrever a primeira letra recebida, no caso a letra G, ao receber a letra T, escreva a letra R e assim continue até o término da palavra.
Seguindo a mesma linha de pensamento prosseguiremos aumentando o número de caracteres que tem a sua transcrição retarda até que toda a palavra consiga se recebida somente na mente.
Motivo: permite ao treinando receber sem que seja necessário escrever e que a limitação da velocidade de recepção causada pela escrita seja superada.
NOTA: Este método de treinamento, como já foi falado, permite ao iniciante chegar a uma velocidade de recepção em torno das 25 palavras por minutos em 6 meses (tempo médio).
Se o objetivo é apenas a prova de admissão/promoção, lembramos que a velocidade é bem inferior e esse patamar pode ser atingido em menos tempo
Os computadores e a Telegrafia
Ao contrário do que muita gente pensa, o CW apesar de ser o mais antigo dos modos de transmissão não apresenta nenhuma incompatibilidade com os modernos modos de transmissão como Packet, Amtor, G-Tor, RTTY, PSK31, sendo juntamente com eles classificados como modos digitais e cada um ocupando o seu espaço sem no gosto de cada operador e nas freqüências a eles destinadas.
Utilizando microcomputadores
Os computadores já são, em uma estação de Radioamador, quase ou tão importantes quanto a antena. Existem uma tal variedade de programas para radioamadores que, praticamente todas das facetas do Radioamadorismo são cobertas por eles como, análise de propagação, análise de antenas, registro de comunicados e controle de QSL´s para diplomas, transmissão e recepção de CW e todos os outros modos digitais e o que nos interessa são os de treinamento de CW.
Programas de treinamento disponíveis para download:

” Método koch de treinamento CW por G4FON  “

Excelente programa para aprendizado e treinamento de telegrafia,
programa muito conhecido e utilizado pelos radioamadores Americanos.
Para download do programa clique nos links abaixo para o site do autor.

Site www.g4fon.net

Koch CW trainer version 9


” CW Player “

Ótimo programa pra treinamento e aprendizado telegrafia no
computador, um dos programas mais usados.
CW Player 4.0


” Morse Runner “

Excelente programa  para treinamento de recepção de indicativos e treinamento
para contestes, ajustável velocidade e tonalidade do CW.  Para baixar programa
clique do lado direito da página em Downloads.
Morse Runner


” RufzXP – Tancredi “

Ótimo programa treinamento de CW
Mathias Kolpe, DL4MM and Alessandro Vitiello, IV3XYM,
are glad to present new RUFZ version for Windows 98, ME, 2000, XP and Vista called RufzXP
RufzXP_FW2_0_Setup_1_1_2


” FRN – Free radio Network “

Free radio network,  programa  este que é muito semelhante ao  ECHOLINK  OU EQSO,  a única
diferença que  não necessariamente você precisa ser radioamador para usa-lo,  tem as funções parecidas
com o Echolink, comunicação via PC para PC ou PC para rádio ou vice-versa através de links.
Interface para link do PC para radio muito simples e facil de montar, como o Echolink, utiliza a placa
de som do PC como modem. Muito usado na Europa e Ásia em 27mhz..
Clique no link abaixo e conheça o programa.

Download do Free radio Network


Finalmente
Tenha em mente que não existem limites para o Homem. Inclusive na velocidade de recepção em CW. O limite existe apenas na nossa mente.
Lembrando uma frase do genial Aírton Senna, os limites existem para serem quebrados!
Você encontrará operadores de altíssima velocidade que recebem em velocidades muito superiores as 25 ppm, mas não se assuste., lembre-se apenas que um dia, quando eles começaram, eles estiveram na mesma situação que o iniciante de hoje está e em condições tecnológicas super inferiores a atual.
Os métodos e treinamentos para alcançar velocidades de recepção acima de 30 ppm serão apresentados em outro local desta Home Page visto que foge ao objetivo deste artigo.
Fonte: CWGO/PT2BT
Adaptado por PY8DAN
Share.

About Author

Aos 14 anos mudamos para Belém-PA onde em 1995 conheci o Radioamadorismo ao participar de uma Feirinha na Labre e não deu outra. Sou da turma do Dx, Contestes, Expedições e adoro CW. Hoje, mesmo sem estação em casa, o RF insiste em não me deixar, por isso alimento essa fonte através deste Blog com conteúdos sobre nosso maravilhoso Hoby. Obrigado pela visita. 73's, Dan

Deixe um comentário