Como convencer um jovem a guardar o smartphone e se aventurar no Radioamadorismo?

0

Vamos seguir o tema Missão Impossível e tentar o seguinte discurso: Há um transmissor escondido em algum lugar do campo. Pode estar em qualquer lugar! O destino do mundo depende de você encontrá-lo antes dos bandidos. O relógio está correndo e tudo o que você precisa nesta missão é é uma antena direcional, um rádio portátil e sua superpotência final – seu cérebro. Você está pronto? Topa o desafio?

Bem, talvez possa parecer um pouco exagerado, mas aqueles que curtem o caça-a-raposa entendem que não há nada mais empolgante do que a emoção da caça e as recompensas de usar sua inteligência para ser o primeiro a encontrar o transmissor(a raposa).

Para um jovem é um videogame de ação ao vivo, a cena climática de um filme de super-herói ou a chance de descobrir um tesouro pirata. Para aqueles que gostam de ciência, o caça-a-raposa é o Pokémon Go sem as animações, mas com muito mais valor em aprender sobre sinais de rádio, antenas e eletrônicos. Para os radioamadores o caça-a-raposa pode ser uma excelente janela para apresentar nosso incrível hobby para uma nova geração – os operadores de busca e salvamento do amanhã – a diversão e a utilidade do Radioamador.

O que exatamente é isso?

No caça-à-raposa, os participantes tentam encontrar um transmissor ou transmissores escondidos, usando antenas direcionais de mão em uma determinada área. Esta busca podem ser feitas a pé, em um veículo. Algumas caçadas, geralmente organizadas por clubes locais de radioamadores, são apenas para diversão, enquanto outras são altamente competitivas e oferecem prêmios aos caçadores mais habilidosos. A caça competitiva é mais popular na Europa e na Ásia, mas a atividade conquistou muitos adeptos em outras partes do mundo.

Como envolver os jovens

Não é preciso muito esforço os clubes de radioamadores ou de radio escotismo para organizar um evento de caça-à-raposa, que tal no seu próximo Field Day ou missão de acampamento? Aqui está o que você precisa:

  • Amplo espaço para permitir que seus caçadores perambulem em busca do(s) transmissor(es) escondido(s) .
  • Uma ou mais antenas direcionais portáteis – Uma opção acessível (e um projeto interessante para inicializar) é a popular antena direcional de 3 elementos para banda de 2m com tubo de PVC (Veja vídeo como exemplo).
  • Dois rádios de mão(HT) VHF/2m conectados via coaxial às antenas.
  • Os atenuadores não são equipamentos obrigatórios de caça-à-raposa (especialmente para uma demonstração simples do Dia do Campo), mas seus caçadores certamente apreciarão tê-los. Quando você estiver perto do transmissor, o sinal será muito forte no S-meter no rádio. Este sinal pode ser reduzido com um atenuador conectado à antena ou ao HT. O atenuador reduz a força do sinal e permite restringir sua busca quando você está chegando perto do transmissor. 
  • Transmissores para banda de 2m, como os RigExpert Red Fox 144 ARDF Beacons disponíveis na DX Engineering.
  • Finalmente, um grupo de garotos entusiasmados e Radioamadores veteranos para mostrar a eles irão proceder.

Nos Estados Unidos um Field Day 2019 do clube PCARS organizou uma atividade de caça-à-raposa, na qual duas equipes de crianças se revezaram para esconder e encontrar a raposa. O presidente da PCARS, Jim Wilson, AC8NT, deu essas dicas sobre como o seu clube pode entrar no espírito da caç- à-raposa.

Primeiro, temos um evento para construir uma antena que será usada no caças-à-raposas”, disse ele. “Isso geralmente leva cerca de três horas para ser concluído e é uma excelente atividade para uma manhã de sábado. Adultos e crianças adoram um bom evento prático em que algo pode ser construído e usado posteriormente. Também incluímos uma unidade atenuador na construção e abordamos a teoria básica das antenas como parte do evento.”

Segundo, os caçadores são treinados como usar a antena Yagi, o atenuador e o rádio portátil para apontar na direção da raposa.

“Isso não é tão simples quanto parece”, explicou Jim, AC8NT. “Eles aprendem que muitos fatores afetam a direção da raposa, incluindo reflexos dos sinais de torres, prédios e outras estruturas. Você pode fazer muito exercício para encontrar uma boa relação com a raposa.

Então é hora da caçada real.

“Uma ou mais raposas estão escondidas em árvores e outras estruturas que devem ser encontradas em uma determinada ordem”, disse ele. “Usamos raposas que transmitem na mesma frequência, mas enviamos diferentes identificadores em Código Morse. Fornecemos o ID da primeira raposa que, quando encontrada, tem o ID da ‘raposa dois’ e assim por diante. Cada raposa também tem uma mensagem escrita que deve ser copiada para provar que foi encontrada. A primeira equipe a encontrar todas as raposas na ordem correta vence. Mesmo se você usar apenas uma raposa, poderá se divertir muito com um desses eventos. No Field Day, várias crianças passaram horas correndo pelo parque procurando uma raposa.

Se o seu clube quer mais emoção, você pode acelerar seu jogo organizando uma caça-à-raposa de longa distância.

“Aqui, um operador vai para um local e começa a transmitir a mensagem da raposa, geralmente a cada dois minutos”, disse Jim, AC8NT. “Os caçadores começam em outro local e, como em todas essas caçadas, tentam encontrar a raposa. Alguns equipamentos sofisticados de doppler geralmente são usados ​​para localizar a raposa. Ele tem uma tela que deve apontar para a raposa. Mesmo com este equipamento, é preciso alguma experiência, habilidade e um pouco de sorte para encontrar a raposa. Para se ter uma idéia da escala, a raposa pode estar a muitos quilômetros do ponto de partida da caça e exigir algum tempo sério para ser encontrada. Ainda assim, é muito divertido. ”

Com base em suas experiências, Jim, AC8NT, ofereceu essas palavras de sabedoria a clubes que desejavam aproveitar o desafio da caça-à-raposa.

  • Lembre-se de que construir a antena é um ótimo começo. Reduz o custo de entrada e proporciona aos construtores uma grande sensação de realização. O líder da compilação deve estar pronto para responder a perguntas e ajustar os produtos acabados. 
  • Comece com caçadas simples. Use uma única raposa e escolha um parque onde você possa plantar a raposa em uma das trilhas. Você não quer que ninguém se machuque ou se perca.


Traduzido por PP5DAN ( com adaptações )

Artigo original: https://www.onallbands.com/fox-hunting-getting-young-people-hooked-on-the-adventure-of-ham-radio/

Share.

About Author

Aos 14 anos mudamos para Belém-PA onde em 1995 conheci o Radioamadorismo ao participar de uma Feirinha na Labre e não deu outra. Sou da turma do Dx, Contestes, Expedições e adoro CW. Hoje, moro em Florianópolis mesmo sem estação, o RF insiste em não me deixar, por isso alimento essa fonte através deste Blog com conteúdos sobre nosso maravilhoso Hoby. Obrigado pela visita. 73's, Dan @PP5DAN / @PY8DAN

Deixe um comentário